YouTube e controlos parentais: os que funcionam e os que nem por isso

Pelo vistos os algoritmos do YouTube Kids andaram a deixar passar uns vídeos assustadores que, vá-se lá entender a (des)humanidade, algumas almas (certamente penadas) criaram com personagens como os cães da Patrulha Pata ou crianças mesmo. Já se sabe que o mote disto é o dinheiro. Qualquer click rende, venha ele de onde vier. Também online o dinheiro é cego, vale mesmo tudo! E bem se sabe que a pequenada adora o YouTube. Pudera! Se até para mentes pouco curiosas aquilo pode ser aliciante, que fará para pequenos grandes cérebros em potência, à descoberta do mundo! Assim, sites como o YouTube Kids e outros controlos parentais são, à partida, amigalhaços dos pais. Quem nunca viu no YouTube a esperança de uma refeição sossegada ou de um descansozinho bem merecido que atire a primeira pedra! Mas não dá para descansar muito, como bem mostram estes casos, que até aconteceram na suposta segurança do YouTube Kids. O melhor controlo parental ainda é mesmo a nossa atenção (havemos de voltar a falar de como outras engenhocas nos podem dar um falso sentido de segurança) e o nosso interesse pelo que entusiasma os nossos filhos. Não há máquina que substitua a nossa sensibilidade. E será? Será que a inteligência artificial algum dia será assim tão inteligente?

E vocês, navegam as maravilhas do YouTube? As vossas crianças já viram algo que as incomodou? E já experimentaram controlos parentais? Que tal?

Abraços
A Mãe

Published by

FAMÍLIA [digital]

Uma família, algumas tecnologias, muitos cabelos em pé… e outras histórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.