Uma des/aventura no Google Imagens (ou lições de segurança online!)

Ontem A Filha andou a explorar o Google Imagens. Às tantas chamou-me e perguntou se podia enviar o comentário que tinha escrito. E em que consistia o comentário? Em imaginação, muuuuuuita imaginação! E talvez algum espírito natalício à mistura. Do bom e do mau! Descobriu ela que, mesmo por baixo dos resultados de imagens, existe um link para enviar comentários. Eu nunca tinha reparado em tal!

E que se lembrou ela de pedir, imaginando, julgo eu, que aquilo ia ter ao Pai Natal ou algo parecido? Argumentando ser uma criança bem comportada e prometendo cuidar bem da gatinha (que até já tinha nome e cognome – Manchinhas, a gata super fofinha ), pedia para lhe ser enviada uma igual, mas viva! O comentário terminava com um ultimato (“não se atrasem, o máximo de dias é 5” :D), seguido da nossa morada!!!

Acho que os meus olhos não conseguem ficar mais do que naquele momento!!! Saiu-me uma pergunta: o que achas que está mal? Ela percebeu: a nossa morada! Suspiro de alívio d’A Mãe! Carinha derrete corações, do tipo ‘eu sabia, isto é estúpido, mas posso sonhar não posso?’ , d’A Filha <3. Fala a Mãe: vês como tu sabes (cara de indisfarçável orgulho)!

Agora as lições!

1. Sabem aquele conselho de segurança que nos dão quando os bebés começam a gatinhar? Para gatinharmos também e vermos a casa na perspetiva do bebé? Eu nunca tinha reparado naquele link para fazer comentários na pesquisa de imagens do Google! Em quantas funcionalidades online reparam as nossas crianças que a nós nos passam completamente ao lado?!

2. Depois das partes do amor de mãe :), ocorreu-me explicar que as imagens que estão online são feitas por alguém e que essa pessoa pode gostar que lhe enviem opiniões, críticas ou sugestões, daí a caixa de comentários (não sei se é exatamente isto que acontece no Google Imagens, mas pareceu-me genericamente uma boa lição :P)

3. Ocorreu-me também dizer que há sites onde podemos colocar a nossa morada (afinal, ela vê-nos fazer compras online para serem entregues em casa!) mas que, antes de o fazer, é importante perguntar à Mãe ou ao Pai se o site é seguro.

E vocês, já tiveram aventuras ou desventuras no Google Imagens? Contem-nos tudo, para aprendermos juntos!

Abraços natalícios!

A Mãe

PS: Este texto foi revisto e publicado com autorização d’A Filha.

Published by

FAMÍLIA [digital]

Uma família, algumas tecnologias, muitos cabelos em pé… e outras histórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.